Coordenação de Programas PIBIC e PIBITI (CICP) Ir direto para menu de acessibilidade.
Início do conteúdo da página

Coordenação de Programas PIBIC e PIBITI (CICP)

    Coordenador: Prof. Dr. Davi Viana dos Santos

    E-mail: ageufma.cicp@ufma.br
    Telefone: 98 3272-8714

    Horácio Humberto Da Silva Diniz / Amaury Araújo Santos / Jonas Silva Gouveia / Claudia M. S. Cabral /Herika Dayanne F. A. / Luana Kessia Araujo

    Sobre o programa PIBIC

    O Programa Institucional de Bolsas de Iniciação Científica (PIBIC/UFMA/CNPq), vinculado ao Departamento de Pesquisa, da Pró-Reitoria de Pesquisa e Pós-Graduação da UFMA é centrado na iniciação científica e visa à busca de novos talentos em todas as áreas do conhecimento, servindo de incentivo à formação de novos pesquisadores; privilegia a participação ativa de bons alunos em Projetos de Pesquisa com qualidade acadêmica, mérito científico e orientação adequada, individual e continuada. Os Projetos culminam com um Trabalho Final avaliado e valorizado, fornecendo retorno imediato ao bolsista, com vista à continuidade de sua formação, de modo particular, na pós-graduação. O PIBIC (Programa Institucional de Bolsas de Iniciação Científica) da UFMA foi criado em 21 de dezembro de 1987 com vistas a incrementar o Projeto Norte de Pós-Graduação do CNPq, como uma tentativa da Pró-Reitoria de Pesquisa e Pós-Graduação, em superar as nossas deficiências, permitindo aos nossos jovens, uma iniciação no campo da investigação científica. Atualmente, é um programa sólido com 25 anos de experiência e milhares de projetos de pesquisa executados, jovens formados e bolsas distribuídas, em plena ascensão e projeção nacional.

    Objetivos:

    • a) Despertar vocação científica e incentivar novos talentos entre estudantes de graduação;
    • b) Propiciar à Instituição um instrumento de formulação de política de iniciação à pesquisa para alunos de graduação;
    • c)Estimular uma maior articulação entre a graduação e pós-graduação;
    • d) Contribuir para a formação de recursos humanos para a pesquisa;
    • e) Contribuir de forma decisiva para reduzir o tempo médio de permanência dos alunos na pós-graduação;
    • f) Estimular pesquisadores produtivos a envolverem alunos de graduação nas atividades científica, tecnológica e artístico-cultural;
    • g) Proporcionar ao bolsista, orientado por pesquisador qualificado, a aprendizagem de técnicas e métodos de pesquisa, bem como estimular o desenvolvimento do pensar cientificamente e da criatividade, decorrentes das condições criadas pelo confronto direto com os problemas de pesquisa.

    Como o Aluno pode Participar:

    • Ser aluno regularmente matriculado em curso de graduação e inscrito em disciplinas durante a vigência da bolsa;
    • Ter desempenho acadêmico compatível com as atividades previstas de iniciação científica quando comparado a seus pares;
    • Não possuir vínculo empregatício;
    • Não estar recebendo qualquer outra modalidade de bolsa, seja do CNPq, de outra agência de fomento ou da própria instituição, incluindo monitoria, extensão, docência, PET e bolsa UFMA ou FAPEMA;
    • Estar em dia com a entrega dos relatórios parcial ou final referentes à bolsa do ano anterior, no caso específico de bolsa renovada, além de ter apresentado seu trabalho no SEMIC, com a participação do professor orientador.
    • A duração da bolsa é de 12 (doze) meses, admitindo-se renovações, a critério do orientador.

    Requisitos do Orientador

    • Possuir experiência compatível com a função de orientador e formador de recursos humanos qualificados e estar cadastrado em grupo de pesquisa do CNPq;


    Requisitos para a Avaliação dos Projetos:

    • a)Ter mérito técnico-científico, com parecer técnico emitido por outro pesquisador, aprovado em Assembleia Departamental. Os projetos já aprovados em órgãos de fomento à pesquisa não precisarão ser analisados quanto a esse aspecto;
    • b) Ter aprovação no Comitê de Ética, para as pesquisas que envolvam seres humanos ou animais e, apresentar Certificado de qualidade em Biosegurança quando envolver produtos transgênicos, conforme Decreto nº 1752/95;
    • c) Apresentar viabilidade técnica e econômica. A PPPG não dispõe de fundo de apoio à pesquisa, pelo que compete ao pesquisador viabilizar os recursos necessários para a execução do projeto;
    • d)Cada projeto deverá ser apresentado em formato resumido, contendo no máximo 10(dez) páginas, editado em fonte Times New Roman ou Arial 12, com espaçamento duplo e margens de 2,5cm, incluindo referências bibliográficas. Usar modelo de projeto, contendo: 1) Caracterização do problema e Justificativa. 2) Objetivos. 3) Metodologia (incluir comentário acerca da infraestrutura e apoio técnico disponível, informar colaboração/parcerias com outras instituições/empresas, se aplicável, e explicar como serão abordados aspectos éticos. 4) Resultados esperados (incluir produção científica esperada). 5) Orçamento. 6) Cronograma. 7) Competência e experiência do coordenador no tema proposto, apoios recebidos de outras agências para o mesmo projeto e outros projetos financiados atualmente. 8) Principais referências bibliográficas. O arquivo do modelo do projeto está disponível na página da UFMA na Internet;
    • e)O pesquisador poderá concorrer com mais de um projeto para o mesmo julgamento ou solicitar mais de uma bolsa para o mesmo projeto, respeitando o limite de bolsas por orientador constante no Edital. Projeto integrado poderá ser submetido por vários pesquisadores que poderão requisitar várias bolsas para o mesmo, respeitando o número máximo de bolsistas por orientador.
    DOCUMENTOS
    • Programa Institucional de Bolsas de Iniciação Científica da UFMA (PIBIC UFMA) - Clique aqui
    • Programa de Iniciação Científica - Ensino Médio (PIBIC-EM) - Clique aqui
    • Programa de Iniciação Científica Voluntária (PIBIC-V) - Clique aqui
    • Programa de Iniciação Científica -  Ações Afirmativas (PIBIC-AF) - Clique aqui

    TUTORIAIS E FORMULÁRIOS

    Para Docentes:

    Para Discentes:

    Para Avaliadores ADHOC / Comitê Interno:

    Fim do conteúdo da página