Início do conteúdo da página
Início do conteúdo da página

Resistência, beleza e tradição cultural constituirão a identidade visual do 43° Guarnicê

Publicado em: 05/10/2020

SÃO LUÍS - Símbolo da resistência, beleza e tradição cultural brasileira, a flor do mandacaru — conhecida no Nordeste e em todo o país, por ser cantada como sinal que a chuva chegará ao sertão  conceituará a programação visual do 43º Festival Guarnicê de Cinema.  Realizado pela Universidade Federal do Maranhão, por meio da Pró-Reitoria de Extensão e Cultura (Proec), via Diretoria de Assuntos Culturais (DAC), o festival ocorrerá em formato híbrido, de 14 a 21 de outubro/20.

A abertura e o encerramento serão em formato de cine drive-in, na concha acústica da Cidade Universitária Dom José Delgado, no Bacanga, em São Luís-MA. As mostras competitivas e alternativas serão exibidas em guarnice.ufma.br, na plataforma de streaming desenvolvida pela UFMA. O conceito ‘Fulora, Guarnicê’ foi criado pelo coordenador de Assuntos Culturais da DAC, Saulo Simões, e o publicitário Stênio Bruzaca, com argumentação literária e redação do jornalista Paulo Washington Beltrão.

Resistência cultural

Para o coordenador Saulo Simões, “a extensa trajetória do Guarnicê deve-se à habilidade que o festival tem de enfrentar dificuldades ao longo de todos esses anos e a sua imensa responsabilidade com a cultura”. “Daí, surgiu a ideia de fazer uma analogia dessa resistência do festival, que não é só de quem faz, mas também de quem assiste, realiza, patrocina, enfim de todos, com a flor do mandacaru, uma beleza que nasce da aridez. Desejamos profundamente que todos sejam flores, só assim a cultura e o cinema continuarão seus cursos chegando à beleza do festival aonde chega a da flor de mandacaru", completou Saulo Simões.

Para Stênio Bruzaca, as duas flores são fortes como a gente do próprio chão onde florescem. “Elas resistem a ambientes áridos e nele encontram forças e razões para desabrocharem e encantarem janelas no mundo todo! Há quarenta e três anos, a Flor do Guarnicê leva a magia do cinema a todo canto. Sua fotossíntese multicultural transforma luz em emoção, ideias e saberes”, afirmou Stênio Bruzaca, que, junto com Saulo Simões, também desenvolveu a programação visual do 43º Guarnicê.


Quer ver uma iniciativa bacana do seu curso divulgada na página oficial da UFMA? Envie informações à Ascom por WhatsApp (98) 98408-8434.
Siga a UFMA nas redes sociais: Twitter, Facebook, Instagram, YouTube e RadioTube

Revisão: Jáder Cavalcante

Lugar: Cidade Universitária Dom Delgado
Fonte: Paulo Washington/DAC/PROEC/UFMA
Última alteração em: 05/10/2020 20:34

Mais fotos

Mais opções
Copiar url

Outras Notícias

25/11/2020

20:32

Alunos de Ciência da Computação e BICT representarão a UFMA em evento nacional de programação   SÃO LUÍS - A equipe “UFMA Time 1”, composta pelos estudantes Davyson Almeida, Pedro Bernhard e Manu Lemos dos cursos...

25/11/2020

19:02

UFMA realiza 26º Simpósio Brasileiro de Sistemas Multimídia e Web   SÃO LUÍS – Entre os dias 30 deste mês e 4 de dezembro será realizado o 26º Simpósio Brasileiro de...

25/11/2020

17:58

Superintendência de Infraestrutura busca parcerias em Imperatriz   SÃO LUÍS - No dia 12 deste mês ocorreu uma reunião na Associação Comercial e Industrial de Imperatriz (ACII) entre...

25/11/2020

12:24

Pós-Graduação em Química promove webinário em cooperação internacional com Madrid   SÃO LUÍS - A Agência de Inovação, Empreendedorismo, Pesquisa, Pós-Graduação e Internacionalização (AGEUFMA) informa que o Grupo de Pesquisa em...

25/11/2020

11:06

Proquali concede o Prêmio Mérito Científico para sete pesquisadores da UFMA   SÃO LUÍS - O Programa de Qualidade da Pesquisa, Pós-Graduação e Inovação (Proquali) da UFMA divulgou, nesta semana, a lista...
Fim do conteúdo da sessão