Início do conteúdo da página
Início do conteúdo da página

Aluno fala sobre a implantação do curso de Comunicação em entrevista à Rádio Universidade

Publicado em: 16/09/2020

SÃO LUÍS - “Temos uma vasta e qualificada bibliografia sobre a história da mídia e da imprensa no Maranhão, entretanto essa é uma lacuna, não temos um estudo específico sobre a história de organizações de formação profissional de comunicadores”, afirmou o estudante de Comunicação Social-Relações Públicas Lucio Silva, em entrevista à Rádio Universidade FM 106,9, veiculada no dia 9 de setembro.

O Curso de Comunicação Social da UFMA completou, em 2020, cinquenta anos de história, e a pesquisa, intitulada “Curso de Comunicação da UFMA: contexto histórico discursivo entre 1969 e 1971”, resgata processos sociais e de comunicação que convencionaram a implantação dos primeiros cursos de formação profissional em Comunicação Social no Maranhão. Confira a entrevista.

Rádio Universidade: De onde partiu o seu interesse em realizar essa pesquisa?

Lucio Silva: Prazer maior é desenvolver uma pesquisa que resgata a história da implantação do curso de Comunicação da UFMA. Temos uma vasta e qualificada bibliografia sobre a história da mídia, da imprensa no Maranhão, entretanto essa é uma lacuna, não temos um estudo específico sobre a história de organizações de formação profissional de comunicadores, cursos de Comunicação, como eles surgiram, qual sua trajetória, etc., também pelo motivo de que sou aluno da Universidade, que oferece um curso de Comunicação em nível superior, que contrubuiu consideralvelmente para o desenvolvimento desse campo no Estado do Maranhão e que completa 50 anos de existência. Resgatar essa memória faz parte do entendimento que devemos ter sobre nós mesmos, sobretudo na condição de agentes do mundo da comunicação.

Rádio Universidade: Qual o objetivo em fazer esse resgate histórico dos cursos de comunicação no Maranhão?

LS: Com base em uma reconstituição do contexto histórico-discursivo do período de surgimento dos primeiros cursos de comunicação, é importante resgatar não para dar visibilidade a personalidades, mas para compreender processos sociais e de comunicação em torno da ascensão do campo da comunicação.

Rádio Universidade: Com base nas informações obtidas até o momento, já é possível falar um pouco sobre como se deu o surgimento dos cursos de Comunicação no Maranhão?

LS: Concomitante à implantação do Curso de Comunicações da Fundação Universidade do Maranhão, a história apresenta a fundação da Escola de Comunicações do Governo do Estado, vinculada, nessa época, à Escola de Administração Pública do Governo e que, infelizmente, não vingou, entretanto ambos os cursos surgiram para atender à demanda de mercado de trabalho superemergente nessa época. 

Rádio Universidade: E qual o contexto do início dessas formações no Estado?

LS: Embora as imposições ditatoriais nessa época assolassem o país, a partir de 1964 e, sobretudo em 1968, o Brasil conseguiu expandir seu poderio de infraestrutura em telecomunicações a partir de 1970, o que demandou a criação de diversos cursos profissionais de comunicação pelo país, a fim de atender ao vasto mercado de trabalho nessa área.

A implantação desses cursos elencaram iniciativas, processos e debates no campo social a partir de 1970 e, considerando isso, no Maranhão, o campo da Comunicação desenvolveu-se exponencialmente, agregando hoje um grande poderio de agentes — profissionais, intelectuais, professores, estudantes, instituições etc. — e cursos, empresas das mais variadas especialidades da comunicação, etecetera.

Confira a gravação da entrevista da Rádio Universidade


Quer ver uma iniciativa bacana do seu curso divulgada na página oficial da UFMA? Envie informações à Ascom por WhatsApp (98) 98408-8434.
Siga a UFMA nas redes sociais: Twitter, Facebook, Instagram, YouTube e RadioTube

Revisão: Jáder Cavalcante

Lugar: Cidade Universitária Dom Delgado
Fonte: Lucio Silva/AGEUFMA
Última alteração em: 17/09/2020 11:07

Mais opções
Copiar url

Outras Notícias

29/10/2020

12:45

Curso de Enfermagem do Câmpus São Luís confirma destaque no Enade 2019 com nota máxima SÃO LUÍS - Preliminarmente conhecido como Escola de Enfermagem São Francisco de Assis, o curso de Enfermagem da Universidade Federal...

28/10/2020

21:39

UFMA homenageia o professor Aymoré Alvim com o título de Professor Emérito SÃO LUÍS - Natural de Pinheiro-MA, baixada maranhense, o professor Aymoré de Castro Alvim, do departamento de Patologia da UFMA,...

28/10/2020

17:00

Colun realiza entrega de chips de dados móveis para que estudantes acompanhem as aulas remotas SÃO LUÍS – Após realizar uma pesquisa interna em que identificou que 42% de seus alunos estavam com dificuldades ou...

28/10/2020

16:40

Arqueólogo e professor da UFMA tem pesquisa reconhecida por revista internacional SÃO LUÍS - O arqueólogo e professor do departamento de Oceanografia e Limnologia da UFMA, Arkley Marques Bandeira, é um...

28/10/2020

15:00

Professor Antonio Cordeiro receberá, na sexta-feira, o título de Professor Eméito SÃO LUÍS - Na continuação da série Professor Emérito 2020, o próximo homenageado será o professor Antonio Cordeiro Feitosa, do...
Fim do conteúdo da sessão