Início do conteúdo da página
Início do conteúdo da página

Segunda do Português: "Pontuação - I"

Publicado em: 29/06/2020

1. Vírgula separando sujeito — I

Hoje vamos dar início a uma série de abordagens sobre pontuação. De longe, o sinal de pontuação que mais causa dúvida aos redatores é a vírgula, por isso vamos iniciar por ela. Veja este caso a seguir em que se utiliza incorretamente a vírgula:

            A maioria das pequenas fábricas de confecção localizadas na pequena cidade sertaneja de Caruaru, emprega de cinco a dez pessoas cada uma.

Uma das regras mais simples de pontuação é a que determina que não se separa o sujeito do verbo por vírgula. A dificuldade da maioria das pessoas é identificar o sujeito da oração, pois nem sempre ele é tão simples como na frase “Raimundo venceu o concurso”, em que facilmente se identifica “Raimundo” como o sujeito da oração. Em muitos casos, o sujeito é longo, ou o verbo está anteposto ao sujeito. Na nossa frase exemplo, o sujeito do verbo “empregar” é “A maioria das pequenas fábricas de confecção localizadas na pequena cidade sertaneja de Caruaru”, portanto se percebe que a infração foi cometida (separar sujeito do verbo), logo vamos corrigi-la:

            A maioria das pequenas fábricas de confecção localizadas na pequena cidade sertaneja de Caruaru emprega de cinco a dez pessoas cada uma.

Outros exemplos errados em que se separa o sujeito do verbo:

          Todas as pessoas envolvidas nas manifestações contra o aumento das passagens de ônibus urbanos, usavam roupas pretas.

          Chegou a mais de 220 mil, o número de mortos causado pelo tsunâmi na Ásia, em 2004.

          Fazer uma dieta balanceada com base somente em verduras e proteínas, é um desafio que poucos conseguem vencer.

 

2. Vírgula separando sujeito — II

Um caso específico de vírgula separando sujeito acontece quando se inicia uma frase com o pronome “quem”. Observe:

          Quem quer rapar a cabeça, estuda no Curso Sputinik.

Nesse exemplo, o sujeito do verbo estudar é toda a frase “Quem quer rapar a cabeça”. Vamos ver alguns exemplos ilustrativos:

          Alice estuda no Curso Sputinik. (O termo “Alice” é o sujeito, portanto não pode ser separado por vírgula do verbo)

          O cavaleiro da espada de ouro estuda no Curso Sputinik. (“O cavaleiro da espada de ouro” é o sujeito, portanto não pode ser separado por vírgula do verbo)

          A belíssima representante da montanhosa região do Vale do Imburiú estuda no Curso Sputinik. (“A belíssima representante da montanhosa região do Vale do Imburiú” é o sujeito, portanto não pode ser separada por vírgula do verbo)

          Korsthelintggjunt Oklwerqythikns Barthsveolinfghtre estuda no Curso Sputinik. (“Korsthelintggjunt Oklwerqythikns Barthsveolinfghtre” é o sujeito, portanto não pode ser separado por vírgula do verbo)

          Qualquer bobagem que eu escreva estuda no Curso Sputinik. (“Qualquer bobagem que eu escreva” é o sujeito, portanto não pode ser separado por vírgula do verbo)

Você observa que qualquer elemento que anteceder “estuda no Curso Sputinik” vai exercer função de sujeito, razão pela qual não se pode separá-lo do restante da frase. Em nosso exemplo inicial, temos “Quem quer rapar a cabeça, estuda no Curso Sputinik”.

A frase “quem quer rapar a cabeça” exerce função de sujeito do verbo estudar, por isso não podemos separar esses termos com vírgula.

Corrigindo:

          Quem quer rapar a cabeça estuda no Curso Sputinik.

 

EXPLICAÇÃO GRAMATICAL APROFUNDADA

Quando uma oração é iniciada pelo pronome “quem”, como no exemplo dado, esse pronome pode ser desdobrado em “aquele que”. Observe o exemplo:

          Quem sai na chuva tem que se molhar.

Substituindo “quem” por “aquele que”:

          Aquele que sai na chuva tem que se molhar.

Agora temos bem clara a noção de período composto com as orações bem-definidas:

          a) Aquele tem que se molhar = oração principal.

          b) que sai na chuva = oração subordinada adjetiva restritiva

Temos então o termo “aquele” assumindo função de sujeito do verbo principal “molhar-se”. No caso da oração subordinada, o sujeito de “sair” é o pronome relativo “que”, que está substituindo o pronome “aquele”. Se separarmos as duas orações em orações absolutas, teremos o seguinte:

          a) Aquele sai na chuva.

          b) Aquele tem que se molhar.

Ou seja, o pronome “aquele” exerce a função de sujeito dos dois verbos, mas, quando se unem as duas orações em um período composto por subordinação, para que não haja repetição, o pronome “aquele” é retomado pelo pronome “que”.

Na próxima segunda-feira, teremos mais pontuação. Aguardem!

 

Envie críticas e sugestões para esta coluna pelo e-mail: dcom@ufma.br.

 

Acesse as edições anteriores da coluna “Segunda do Português”.


Quer ver uma iniciativa bacana do seu curso divulgada na página oficial da UFMA? Envie informações à Ascom por WhatsApp (98) 98408-8434.
Siga a UFMA nas redes sociais: Twitter, Facebook, Instagram, YouTube e RadioTube

Revisão: Jáder Cavalcante

Texto: JADER CAVALCANTE DE ARAUJO
Última alteração em: 29/06/2020 10:58

Mais opções
Copiar url

Outras Notícias

03/07/2020

19:50

DCom TV: Acompanhe as principais ações e iniciativas da UFMA SÃO LUÍS - Desde que teve início a pandemia da Covid-19 no Brasil, as ações e iniciativas adotadas pela Universidade...

03/07/2020

19:00

DCOM RÁDIO - Estamos evoluindo com a pandemia? Projeto Ei! com Naiara Sales “Se o vírus evoluiu, o homem também pode evoluir e tirar proveito da pandemia. Mas como é possível tirar proveito...

03/07/2020

18:00

UFMA, IFMA e UEMA promovem I Encontro de Física no Estado do Maranhão SÃO LUÍS – A Universidade Federal do Maranhão, junto com o Instituto Federal do Maranhão (IFMA) e a Universidade Estadual...

03/07/2020

17:35

PET de Biblioteconomia realiza, na segunda, 6, o Cine PET, com exibição de filme e debate SÃO LUÍS – Na segunda-feira, 6, a partir das 14h30, o Programa de Educação Tutorial (PET) Biblioteconomia da Universidade Federal...

03/07/2020

13:25

PROEN divulga edital referente ao ingresso nos cursos presenciais de graduação de 2020.2 SÃO LUÍS - A Pró-Reitoria de Ensino (Proen) da Universidade Federal do Maranhão divulgou o Edital Proen Nº 105/2020, que...
Fim do conteúdo da sessão