Início do conteúdo da página
Início do conteúdo da página

Hoje tem alimentos saudáveis na I Feira da Resex de Tauá-Mirim, que vai até as 14h30

Publicado em: 05/12/2019

SÃO LUÍS – Com alimentos saudáveis desenvolvidos em povoados que fazem uso da agricultura familiar da Reserva Extrativista de Tauá-Mirim, junto com o apoio de produtores das comunidades de Rio dos Cachorros, Cajueiro, Vila Maranhão, Taim, Vila Embratel e da Resex de Cururupu, ocorre hoje, 5, até as 14h30, a I Feira da Resex de Tauá-Mirim, ao lado do prédio de Políticas Públicas, próximo ao CEB Velho, na Cidade Universitária.

O evento é aberto ao público, e são comercializados produtos alimentícios como cheiro-verde, galinha caipira abatida, pimentas, caranguejo, polpas de frutas regionais, carambola, manga, biscoito de mesocarpo de babaçu, macaxeira, bolo de tapioca, maxixe, tomate, entre outros, além de artesanatos produzidos pelas comunidades participantes. Na hora do almoço, haverá comercialização de alimentos como o “camarão embriagado”, arroz de cuxá, bobó, galinha caipira, sururu ao leite de coco e pato.

Para a produtora do Cajueiro Lucilene Costa, a ação permite que a comunidade acadêmica da UFMA conheça os produtos naturais da zona rural de São Luís, nem sempre devidamente reconhecida, em sua opinião. “É uma iniciativa muito válida, importante, nós estamos mostrando que nós do Cajueiro produzimos, sim, não só para nosso sustento, mas também para outras comunidades, pois vendemos nossos produtos na feira. Isso não é agronegócio, é sustentável. Contribuímos para o desenvolvimento da nossa comunidade, pois, nas feiras, como no Anjo da Guarda, há muito produto do cajueiro”, afirmou.

Horácio Antunes, professor do Departamento de Sociologia e Antropologia e coordenador do Grupo de Estudos Desenvolvimento, Modernidade e Meio Ambiente (Gedmma) da UFMA, revelou que a ideia da feira partiu dos próprios produtores. “Essa é uma ideia que surgiu dos moradores da Resex Tauá-mirim, grupo que luta pela instalação de uma unidade de conservação aqui na zona rural de São Luís, para mostrar os alimentos produzidos sem agrotóxicos, saudáveis, da agricultura familiar e da pesca artesanal para toda a comunidade acadêmica e pessoas da cidade”, destacou.

Em sua análise, a UFMA abraçou a realização da feira. “Há demanda da própria comunidade acadêmica por alimentos saudáveis, e, por outro lado, queremos para dar visibilidade a essas comunidades da zona rural e seus produtos saudáveis, de qualidade, sem agrotóxicos, que são vendidos a preços módicos, e que qualquer membro da comunidade acadêmica pode consumir”, salientou.

Saiba mais

Organizado pelo Conselho Gestor da respectiva reserva extrativista junto com o Grupo de Estudos Desenvolvimento, Modernidade e Meio Ambiente (Gedmma), a Associação Agroecológica Tijupá, o Movimento de Trabalhadores Sem Terra (MST) e a Associação dos Professores da UFMA (Apruma).

I Feira da Resex de Tauá-Mirim

Quer ver uma iniciativa bacana do seu curso divulgada na página oficial da UFMA? Envie informações à Ascom por WhatsApp (98) 98408-8434.
Siga a UFMA nas redes sociais: Twitter, Facebook, Instagram, YouTube e RadioTube

Revisão: Jáder Cavalcante

Lugar: Cidade Universitária Dom Delgado
Texto: Marcos Paulo Albuquerque e Luciano Santos
Última alteração em: 06/12/2019 17:56

Mais opções
Copiar url

Outras Notícias

04/01/2021

20:00

Segunda do Português: "Tão pouco" e "Pornografia" 1. Pornografia No exemplo abaixo, destacamos uma infração muito comum cometida com a palavra “pornografia”. Observe:                 D. Francisca, seu filho foi...

04/01/2021

08:25

A UFMA QUE A GENTE FAZ SÃO LUÍS - Acompanhe os detalhes das principais atividades e ações realizadas pela instituição durante a última semana de 2020,...

31/12/2020

13:58

Portal da UFMA estará de cara nova logo no primeiro dia do ano de 2021 SÃO LUÍS - Com a chegada de um novo ano, novos planos, novos objetivos, novas ideias e novos planejamentos vão...

31/12/2020

12:49

Projeto "Máscaras pela Vida" encerra o ano de 2020 com balanço muito positivo SÃO LUÍS – O projeto “Máscaras pela Vida”, iniciativa da Pró-Reitoria de Extensão e Cultura (Proec) da UFMA, que foi...

30/12/2020

17:50

NOTA À COMUNIDADE: Prédio da UFMA, câmpus de Imperatriz SÃO LUÍS - A Universidade Federal do Maranhão informa à Comunidade, em especial a da UFMA Imperatriz (CCSST), que foi...
Fim do conteúdo da sessão