Início do conteúdo da página
Início do conteúdo da página

Curso de Relações Públicas comemora avaliação positiva do MEC no dia de celebração da área

Publicado em: 02/12/2019

SÃO LUÍS – Nesta segunda-feira, 2 de dezembro, é comemorado o Dia Nacional das Relações Públicas, área voltada para o planejamento, gerenciamento e relacionamento da comunicação institucional nas organizações. A data é alusiva ao aniversário de Eduardo Pinheiro Lobo, o primeiro profissional de Relações Públicas do Brasil.

O curso de Relações Públicas da Universidade Federal do Maranhão foi avaliado com nota máxima em 2019 por uma comissão técnica do Ministério da Educação (MEC). A análise levou em consideração três aspectos fundamentais: corpo docente, estrutura e projeto pedagógico do curso (PPC).

“Nós tivemos agora uma alteração e renovação no nosso projeto pedagógico. Essa mudança foi muito parabenizada pela comissão do MEC que veio este ano para nos avaliar. Foi muito interessante o feedback que nós tivemos dessa comissão. A UFMA tem que preparar os alunos de acordo com as orientações das diretrizes curriculares, seguindo os aspectos epistemológicos, acadêmicos e mercadológicos. O curso hoje é um dos melhores do Brasil em nível de resultados, de mercado e, acima de tudo, em nível da perspectiva futura”, ressaltou a professora de Relações Públicas e coordenadora do curso de Comunicação Social da UFMA, Luiziane Saraiva.

Na visão dela, cada profissional de relações públicas tem como foco a gestão do relacionamento, da imagem e reputação das organizações. “A profissão de relações públicas surgiu nas multinacionais. O fato de nós trabalharmos com gestão da comunicação nos prepara para cargos de gestão, quer dizer, para liderança. A nossa formação é totalmente baseada em planejamento, por isso temos uma capacidade gerencial impressionante”, comentou.

A formação mais voltada para a gestão, como citou a coordenadora, traz aos profissionais um mercado de trabalho amplo e dinâmico. “A nossa formação em gestão nos permite trabalhar em empresa privada e pública, permitindo-nos, também, trabalhar de forma autônoma. Com isso, conseguimos nos inserir com muita facilidade em todos os setores. É muito bom, pois acabamos visualizando a presença dos relações públicas em todas as áreas”, afirmou.

Mercado de Trabalho

Trabalhar como um Relações Públicas requer exercer um papel de mediador, responsabilidade, sensibilidade e ética, como comentou a professora do curso Éllida Guedes. “Em um mundo cheio de crises de toda ordem, a atuação do profissional de Relações Públicas é cada vez mais exigida e necessária, já que ele é capacitado para gerenciar os relacionamentos entre uma empresa, seja do primeiro, segundo ou terceiro setores. Cabe a ele conhecer os cenários nos quais a empresa atua para que ele possa tomar as melhores decisões”.

O aluno do 6° período do curso Lucas Tomaz falou um pouco sobre alguns pontos estudados na graduação: “Durante o curso a gente consegue ter uma visão completa da profissão em diversas áreas. Eu gostei muito de aprender coisas da área de marketing e do setor empresarial, uma área de que eu gosto bastante. Então várias cadeiras de campanhas e projetos ligados com a parte empresarial me chamam muito a atenção”.

Paloma França, graduada em Relações Públicas pela UFMA, contou como os conhecimentos adquiridos na universidade ajudou na sua atuação no mercado de trabalho. “O curso de RP da UFMA vem se destacando por conciliar teoria e prática de maneira primorosa. Dessa forma, além do conhecimento teórico adquirido na academia, fundamental para o exercício da atividade de relações públicas, as atividades práticas realizadas durante a graduação, tais como os projetos de extensão, congressos, challenges empresariais e os próprios trabalhos realizados nas disciplinas laboratoriais, nos oportunizam experiências que são muito valorizadas no mercado de trabalho”, afirmou.

Saiba mais

As modificações no projeto pedagógico do curso de Relações Públicas da UFMA que trouxeram a nota cinco — em uma escala de 1 a 5 do MEC — contemplaram várias áreas de interesses acadêmicos e profissionais para a formação de um RP para os mercados, sejam eles tradicionais ou não.

“Temos disciplinas epistemológicas e propedêuticas, como as das áreas das ciências sociais propriamente ditas. Temos disciplinas específicas da área de relações públicas nessa perspectiva de mercado progressivo, como, por exemplo, a de Relações Públicas Internacionais, assim como as disciplinas de tronco comum, que possibilitam que o curso tenha perfil em sintonia e sinergia com os outros cursos da área da comunicação”, finalizou Luiziane Saraiva. O Conselho Federal de Profissionais de Relações Públicas (Conferp) é o órgão responsável e regulamentador do exercício dessa profissão.

 


Quer ver uma iniciativa bacana do seu curso divulgada na página oficial da UFMA? Envie informações à Ascom por WhatsApp (98) 98408-8434.
Siga a UFMA nas redes sociais: Twitter, Facebook, Instagram, YouTube e RadioTube

Produção: Luiz Gabriel Bastos
Revisão: Jáder Cavalcante

Lugar: Cidade Universitária Dom Delgado
Texto: Patrícia Carvalho
Última alteração em: 02/12/2019 15:10

Mais opções
Copiar url

Outras Notícias

05/12/2019

18:35

Aviso de interrupção no fornecimento de energia elétrica nessa quarta, 6 SÃO LUÍS- A Prefeitura de Câmpus da Universidade Federal do Maranhão informa que, na quarta-feira, 6, haverá interrupção no fornecimento de...

05/12/2019

16:10

TV ASCOM: UFMA realiza I Simpósio de Biodiversidade e Conservação São Luís - Com o intuito de ampliar a discussão sobre a ciência aplicada à proteção da biodiversidade, o Programa...

05/12/2019

14:27

Abertura do I Simpósio de Biodiversidade aborda as transformações do cenário local SÃO LUÍS – Na manhã desta quinta-feira, 5, foi realizada a abertura do I Simpósio de Biodiversidade e Conservação, no...

05/12/2019

13:50

Mesa-redonda do PGCult aborda assuntos relacionados a mídia e linguagens SÃO LUÍS – Com o intuito de discutir as pesquisas e trabalhos desenvolvidos a partir da interdisciplinaridade das ciências humanas...

05/12/2019

12:10

Hoje tem alimentos saudáveis na I Feira da Resex de Tauá-Mirim, que vai até as 14h30 SÃO LUÍS – Com alimentos saudáveis desenvolvidos em povoados que fazem uso da agricultura familiar da Reserva Extrativista de Tauá-Mirim,...
Fim do conteúdo da sessão