Início do conteúdo da página
Início do conteúdo da página

Segunda do Português: "Patologia" e "Raspar"

Publicado em: 29/07/2019

Patologia

Observe a frase abaixo:

O paciente está com uma patologia ainda desconhecida.

Fortemente arraigado na terminologia médica, com o significado de doença, enfermidade, a palavra patologia tem significado diverso do que é usualmente utilizado. Ela deriva de dois radicais gregos: páthos, que significa doença; e logos, que quer dizer ciência, estudo. Por essa análise etimológica, podemos deduzir que patologia é a ciência que estuda as doenças, os males, as enfermidades. Fica claro, então, que é errado dizer que “um paciente tem uma patologia”, porque seria o mesmo que dizer que esse “paciente tem uma ciência”. Na verdade, o paciente tem uma doença, uma enfermidade. Se fosse correto dizer que o “paciente tem patologia”, seria lícito também dizer que ele tem uma cardiologia, uma nefrologia, uma gastroenterologia, uma neurologia, etc. Vamos corrigir nosso exemplo:

                O paciente está com uma doença ainda desconhecida.

Quando se definir o diagnóstico, então o médico poderá dizer que seu paciente tem uma cardiopatia (cárdio = coração + patia = doença), uma enteropatia (entero = intestino + patia = doença), uma osteopatia (osteo = osso + patia = doença), etc.

 

Raspar

Veja este exemplo com o verbo raspar:

Passou no vestibular, mas não quis raspar a cabeça.

O que faz o rapaz que passa no vestibular: “rapa a cabeça” ou “raspa a cabeça”? Raspar significa limpar uma superfície com lixa, raspador, espátula, etc. Rapar quer dizer cortar rente, escanhoar, cortar à navalha o pelo.

              Ele raspou a cabeça. (errado)

              Ele rapou a cabeça. (correto)

              Ele raspou a parede. (correto)

              Terei de raspar o forno para tirar a gordura acumulada. (correto)

              Passou no vestibular, mas não quis rapar a cabeça. (correto)

Da mesma forma, devemos dizer: cabeça rapada.

                Ele estava com a cabeça rapada. (passou no vestibular)

                Ele estava com a cabeça raspada. (deve ter sido torturado por uma gangue de arruaceiros)

 

O vocábulo “pé-rapado” provém de um hábito do século XVII, que consistia na instalação de uma peça de ferro nas calçadas na frente das igrejas, para as pessoas que para lá se dirigissem andando pudessem esfregar a sola do sapato nessa peça antes de entrar e assim não sujar o templo com a argila grudada. Obviamente, esses eram os mais pobres, porque os ricos iam a cavalo ou de charrete, e, como seus sapatos não acumulavam a sujeira da rua, não precisavam esfregar os calçados no capacho metálico.

Ora, se as pessoas de menos poder aquisitivo limpavam seus sapatos friccionando-os na chapa de ferro, havia uma raspagem dos sapatos, dos pés. Então o vocábulo correto a utilizar nesse caso seria “pé-raspado”. Afinal, normalmente, não crescem pelos nos pés.


Envie suas dúvidas e sugestões para esta coluna pelo e-mail ascom@ufma.br.


Instrumento utilizado para raspar a sujeira dos sapatos.


Quer ver uma iniciativa bacana do seu curso divulgada na página oficial da UFMA? Envie informações à Ascom por WhatsApp (98) 98408-8434.
Siga a UFMA nas redes sociais: Twitter, Facebook, Instagram, YouTube e RadioTube

Revisão: Jáder Cavalcante

Texto: JADER CAVALCANTE DE ARAUJO
Última alteração em: 29/07/2019 10:34

Mais fotos

Mais opções
Copiar url

Outras Notícias

25/11/2020

20:32

Alunos de Ciência da Computação e BICT representarão a UFMA em evento nacional de programação   SÃO LUÍS - A equipe “UFMA Time 1”, composta pelos estudantes Davyson Almeida, Pedro Bernhard e Manu Lemos dos cursos...

25/11/2020

19:02

UFMA realiza 26º Simpósio Brasileiro de Sistemas Multimídia e Web   SÃO LUÍS – Entre os dias 30 deste mês e 4 de dezembro, será realizado o 26º Simpósio Brasileiro de...

25/11/2020

17:58

Superintendência de Infraestrutura busca parcerias em Imperatriz   SÃO LUÍS - No dia 12 deste mês, ocorreu uma reunião na Associação Comercial e Industrial de Imperatriz (ACII) entre...

25/11/2020

12:24

Pós-Graduação em Química promove webinário em cooperação internacional com Madrid   SÃO LUÍS - A Agência de Inovação, Empreendedorismo, Pesquisa, Pós-Graduação e Internacionalização (AGEUFMA) informa que o Grupo de Pesquisa em...

25/11/2020

11:06

Proquali concede o Prêmio Mérito Científico para sete pesquisadores da UFMA   SÃO LUÍS - O Programa de Qualidade da Pesquisa, Pós-Graduação e Inovação (Proquali) da UFMA divulgou, nesta semana, a lista...
Fim do conteúdo da sessão