Início do conteúdo da página
Início do conteúdo da página

Série Fitoterápicos: Essência de Cabacinha

Publicado em: 07/11/2008

No Programa de Fitoterapia do Herbário Ático Seabra, a Essência de Cabacinha é um dos fitoterápicos mais importantes. O medicamento natural, produzido por meio da infusão do fruto da Luffa operculata (cabacinha) em álcool, é indicado para tratamento de sinusite, renite e problemas na adenóide.

A professora Terezinha Rêgo, responsável pelo desenvolvimento da essência, conta que tinha ouvido muitos depoimentos sobre as propriedades médicas da cabacinha, mas o fator decisivo para o desenvolvimento da pesquisa foi a sinusite que a acometeu durante as pesquisas para a sua tese de Doutorado, em 1966.

“Tive problemas para isolar o princípio ativo da cabacinha, pois a planta possui um alcalóide corrosivo, que causa sangramento na narina”, explica a farmacêutica. As pesquisas para eliminar os efeitos colaterais duraram 20 anos, principalmente pela falta de condições técnicas. Em São Paulo, Terezinha desenvolveu a essência, após descobrir que o alcalóide corrosivo se encontrava na semente.

“Eu fui a primeira pessoa que usou o fitoterápico,” – revela – “usei um vidro de 50ml e nunca mais tive problemas como a sinusite. Tenho um carinho especial pela essência porque ela me curou”. A esta essência é atribuída o maior reconhecimento do trabalho da professora, que , segundo ela, cresceu a partir do depoimento de pessoas beneficiadas com o medicamento.

A cabacinha utilizada na produção do fitoterápico é uma das poucas plantas que não é colhida da Horta Medicinal da UFMA. O material é importado de uma fazenda em Cajapió, pois o solo de São Luís não é propício para o plantio. A Essência de cabacinha foi o primeiro fitoterápico produzido por Terezinha Rêgo.

Atualmente, o medicamento é produzido em duas concentrações: uma de uso pediátrico (1 a 10 anos) e outra de uso adulto (11 a 60/70 anos). Para crianças, a professora indica uma gota em cada narina pela manhã e pela noite, e duas gotas para adultos. A essência é comercializada por R$ 15,00 no Herbário, porém, pessoas de baixa renda cadastradas no Programa de Extensão da Universidade podem adquirir o medicamento de graça.





Mais opções
Copiar url

Outras Notícias

20/10/2020

10:15

UFMA 54 anos: a Universidade na vanguarda do conhecimento científico no Maranhão SÃO LUÍS – Mais de cinco décadas de formação – estrutural e acadêmica – e de dedicação na missão de...

19/10/2020

18:10

Maranhão Júnior representa UFMA no Encontro Nacional de Empresários Juniores SÃO LUÍS – A Universidade Federal do Maranhão foi representada na 27ª edição do Encontro Nacional de Empresários Juniores (Enej)...

19/10/2020

18:00

Segunda do Português: "Juros" e "Em oito" 1. Juros Outro dia, durante o horário eleitoral, um candidato a prefeito cometeu uma infração ao bom português, com a seguinte...

19/10/2020

16:57

Programação Virtual do Festival Guarnicê tem diversas opções Publicado originalmente em 17/10/20, no Imirante.com. SÃO LUÍS - Corram, que ainda dá para assistir a todos os filmes de curta...

19/10/2020

16:48

No Rádio Ciência, diretor de centro de inovação faz ponderações sobre a educação maranhense no Ideb SÃO LUÍS - No dia 15 de setembro, o Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep) divulgou...
Fim do conteúdo da sessão