UFMA segue avançando em tecnologia, informação e inovação Universidade Federal do Maranhão - UFMA
Início do conteúdo da sessão

UFMA segue avançando em tecnologia, informação e inovação

Publicado em: 18/04/2018

SÃO LUÍS – O Núcleo de Tecnologia da Informação da Universidade Federal do Maranhão (NTI-UFMA) vem empreendendo uma série de esforços para aprimorar seus sistemas de informação. O objetivo é otimizar a comunicação interna e externa da instituição, tornando-a mais eficiente. 

Entre esses esforços, o diretor do NTI, Santana Netto, destaca a expansão das videoconferências, atualização dos sistemas administrativos, com ênfase no Sistema Integrado de Patrimônio, Administração e Contratos (Sipac), o aplicativo UFMA Mobile e a melhoria nas redes de internet dos câmpus do continente, e das redes sem fio, além do datacenter, que é responsável por processar e dar continuidade à evolução dos sistemas.

“No Brasil, existe um movimento para tornar a administração pública mais eficiente na entrega de seus serviços. Nesse sentido, o processo eletrônico é um grande aliado para que a Universidade se integre a esses sistemas”, declarou Netto.

Todas essas ações, além de tornar a comunicação mais fluida, reduzem tempo e o emprego de recursos. A automatização do Sipac, por exemplo, garante à Universidade economia de papel e agilidade nos processos, assim como a expansão das videoconferências nos oito câmpus do continente, que foi possível graças à ampliação da rede de internet.

Segundo dados do NTI, cada câmpus possui, em média, duas conexões, uma financiada pela Rede Nacional de Pesquisa (RNP), cuja velocidade chegará a 100 MB, e outra pela UFMA. O objetivo é, ao final do projeto, chegar aos 200 MB em cada câmpus, para alcançar qualidade mínima de conexão.

“Esta é mais uma conquista, pois, historicamente, o Maranhão tem grande defasagem em termos tecnológicos, principalmente no interior do estado. Tivemos melhorias em São Luís, Imperatriz, Chapadinha, Bacabal e Grajaú, que passaram a ter 100 MB de velocidade, enquanto que Codó, Balsas, São Bernardo e Pinheiro, estão em processo de negociação para receber ampliação da velocidade”, explicou.

Mas ainda há o que avançar. O cronograma de trabalho do NTI prevê ainda criar a versão iOS do aplicativo UFMA Mobile e aprimorar suas pesquisas de avaliação. “Temos uma preocupação em integrar a opinião do nosso público desde o início do processo. Não fazemos mais tecnologia da informação para a gente, e, sim, para a comunidade acadêmica da UFMA, que é nossa principal cliente”, afirmou Santana Netto.

Produção: Ramayana Mendes
Revisão: Jáder Cavalcante

Lugar: Cidade Universitária Dom Delgado
Texto: Suellen Sullivan
Última alteração em: 20/04/2018 10:28

Fim do conteúdo da sessão