25/06/2009 18:00

PESQUISA UFMA: Junça, mais proteína que a batata inglesa e a mandioca

Foto PESQUISA UFMA: Junça, mais proteína que a batata inglesa e a mandioca
A Junça (Cyperus esculentus), tubérculo encontrado no Brasil, África e Europa, possui grande potencial nutritivo se comparado às batatas inglesa e doce e à mandioca. Esta é a conclusão da pesquisa realizada pela nutricionista Adriana Pestana, sob orientação do professor Victor Elias Mouchrek Filho, com apoio da FAPEMA. As amostras analisadas foram obtidas por doação da cidade de Barra do Corda, a 459 Km de São Luís.

Utilizada como alimento e produto medicinal pelos egípcios há mais de 4 mil anos, cada exemplar da planta produz de 100 a 150 tubérculos. Entre as várias possibilidades de uso está o azeite virgem de alta qualidade, a farinha, utilizada na panificação e a bebida láctea, conhecida na Espanha como “Horchata de Chufa”, alternativa para os leites de vaca e soja. Suas propriedades diuréticas permitiram sua aplicação como medicamento em outros países, além de estar presente em cosméticos.

De acordo com os dados obtidos na pesquisa, a junça é uma importante fonte de calorias, com 347 Kcal para cada 100g, sendo recomendada para dietas de ganho de peso. Em relação à quantidade de carboidratos, ela apresenta 29,4 %, o dobro da taxa da batata inglesa, bastante presente na mesa do brasileiro.

Com 5 vezes mais proteínas do que a batata inglesa e 10 vezes a da mandioca, a junça possui 11% de proteínas. Enquanto batata inglesa, batata baroa, batata doce e mandioca apresentam apenas traços de lipídios, ela possui 20,5% do nutriente.

Para Adriana, essas propriedades mostram o grande potencial da junça na alimentação humana. “Diante destes resultados podemos aproveitar a qualidade e a disponibilidade da planta dentro de programas governamentais, aplicada em preparações da merenda escolar”, diz.

Bolos, cereais, barra de cereal, recheio de bolos e tortas, pães e pastéis podem ser amplamente difundidos inclusive na reeducação alimentar. Essa e outras análises nutricionais são realizadas no Laboratório de Análises Físico-Químicas do Programa de Controle de Qualidade de Alimentos do Pavilhão Tecnológico da UFMA.


Universidade

Atendimento

Fone: (98) 3272 - 8000

E-mail: atendimento@ufma.br

Endereço

Av. dos Portugueses, 1966

Bacanga - CEP 65080-805

São Luís - MA