Início do conteúdo da página
Início do conteúdo da página

Reitora apresenta o Navio Escola II a representantes de entidades do Estado do Maranhão

Publicado em: 11/06/2019

SÃO LUÍS - Com o propósito de realizar parcerias, a reitora Nair Portela, junto com o diretor e o vice-diretor do Instituto Ciências do Mar, apresentou, na tarde de ontem, 10, na base da Capitania dos Portos, no Terminal da Ponta da Espera, as instalações do Navio-Escola II, a representantes do Instituto Federal do Maranhão (IFMA), da Fundação de Amparo à Pesquisa e ao Desenvolvimento Científico e Tecnológico do Maranhão (FAPEMA) e da Secretaria de Estado de Meio Ambiente e Recursos Naturais (SEMA).

A reitora destacou que é a segunda embarcação entregue para grupos regionais de universidades, por meio do Ministério da Educação (MEC), e a gestão do navio é feita pela Universidade Federal do Maranhão (UFMA), para atender às instituições de ensino do Maranhão, Piauí e as da região Norte que tenham estudos na área de ciências do mar.

“O intuito de trazer essas instituições para mostrar as instalações do Navio-Escola II foi de mostrar quanto é importante o desenvolvimento científico e tecnológico na área de ciências do mar no Maranhão, a fim de estabelecer futuras parcerias. A Universidade está trabalhando para fazer uma gestão que atenda aos processos pedagógicos dos cursos, aos projetos de pesquisa e para atender às demandas sociais por meio de convênios”, esclareceu.

Francisco Dias, vice-diretor do Instituto Ciências do Mar, explica que esses embarques feitos por alunos da área das ciências do mar têm o objetivo de colocar em prática o conhecimento adquirido em sala de aula, proporcionando, assim, uma formação profissional e de ensino, com qualidade, vedando qualquer tipo de desigualdades regionais.

“Este laboratório de ensino flutuante é uma grande vitrine para a UFMA. Mesmo diante das dificuldades enfrentadas no cenário atual, a administração superior da Universidade está empenhada e focada na manutenção do projeto e tem disponibilizado todos os meios para que o navio cumpra com o seu objetivo, o de realizar pesquisas em alto-mar”, pontuou.

Agenor Almeida Filho, diretor executivo do Instituto Federal do Maranhão (IFMA) e reitor em exercício, enfatizou que o projeto é um marco importante na história da academia maranhense e representa um salto de qualidade fantástico no que diz respeito à ciência no Maranhão.

“O Instituto Federal do Maranhão, referência não apenas na academia, mas na educação profissional do estado, não poderia, em hipótese alguma, deixar de estar ao lado da Universidade Federal do Maranhão. Desejamos que os alunos do IFMA, da Química, da Biologia e de outras áreas de concentração, possam, de algum modo, tirar proveito educacional e científico deste navio-escola, e que a partir da apropriação deste conhecimento, possam agregar uma série de novos serviços no estado, por meio da inserção de estudantes capacitados no mercado de trabalho, melhorando a qualidade de vida do maranhense”, frisou.

Já para Deoclides Dias, secretário adjunto de recursos ambientais da SEMA, a embarcação é de grande relevância no quesito de interação entre a parte acadêmica e a operacional do Maranhão. “O conhecimento científico produzido por meio deste projeto deve ser aplicado, tanto em desenvolvimento ao nosso estado, quanto na conservação do nosso ecossistema”, salientou.

O diretor da Fundação de Amparo à Pesquisa e ao Desenvolvimento Científico e Tecnológico do Maranhã, André Luís Silva Santos, afirmou que a entidade está disponível para disponibilizar recursos aos projetos associados aos estudos do mar e ao desenvolvimento científico e tecnológico do Maranhão. “A FAPEMA investe em vários projetos interligados à UFMA, e que ações como essas não poderiam deixar de ter um apoio por parte da instituição”, finalizou.

 

Saiba +

O vice-diretor do Instituto Ciências do Mar, Francisco Dias, descreveu que o navio-escola Ciências do Mar II visa atender aproximadamente 360 alunos anualmente, de 12 cursos de graduação interligados ao campo das Ciências do Mar. Em noventa dias em alto-mar, já foram executadas sete aulas práticas, totalizando aproximadamente 30 dias embarcados.

“Já atendemos aos cursos de Engenharia de Pesca do câmpus de Pinheiro da UFMA e da Universidade Estadual do Maranhão (UEMA), de Oceanografia da UFMA e da Universidade Federal do Pará (UFPA). No dia 11, embarcarão os acadêmicos do curso de Engenharia de Pesca da Universidade Federal do Amazonas (UFAM)”, explanou.

Francisco adiantou que, até o término deste ano, ocorrerão três embarques para capacitar os docentes a lecionar no navio. “Isso mostra que o projeto é firme e sólido, e que sai ganhando toda a população que compõe a região norte e a margem equatorial brasileira”, acentuou.

 


Quer ver uma iniciativa bacana do seu curso divulgada na página oficial da UFMA? Envie informações à Ascom por WhatsApp (98) 98408-8434.
Siga a UFMA nas redes sociais: Twitter, Facebook, Instagram, YouTube e RadioTube

Produção: Luiz Gabriel Bastos
Revisão: Jáder Cavalcante
Fotos: Maiara Pacheco
Lugar: Terminal da Ponta da Espera
Texto: Allan Potter
Última alteração em: 12/06/2019 16:53

Mais fotos

Mais opções
Copiar url

Outras Notícias

23/08/2019

13:55

Agência Tambor debaterá sobre comunicação e política, dia 12 setembro, na UFMA São Luís - A Agência Tambor promoverá o debate “Comunicação, democracia e desigualdade social”. O evento ocorrerá no dia 12...

23/08/2019

13:44

Mesa-Redonda sobre mulheres na ciência será realizada no dia 30 deste mês, no CCET SÃO LUÍS – Será realizada, no dia 30 de agosto, a mesa-redonda intitulada “Mulheres nas Ciências Exatas e Engenharias: conquistas...

23/08/2019

13:35

Semana Pedagógica de Serviço Social promoverá debates sobre questões relacionadas ao curso SÃO LUÍS – Promovida pela coordenação do Curso de Serviço Social da UFMA, a Semana Pedagógica do Curso de Serviço...

23/08/2019

12:50

Aula Inaugural 2019.2 terá palestra sobre tecnologia como ferramenta de inovação e aprendizagem SÃO LUÍS – Na próxima segunda-feira, 26 de agosto, a "Tecnologia como ferramenta de inovação e aprendizagem criativa" entrará como...

23/08/2019

08:00

Roda de conversa sobre prevenção ao suicídio ocorrerá no dia 10 de setembro e tem inscrições abertas SÃO LUÍS – O Serviço de Promoção à Saúde e Qualidade de Vida (SeproQV), em parceria com a Divisão de...
Fim do conteúdo da sessão