Início do conteúdo da página
Início do conteúdo da página

Análise de DNA é uma ferramenta importante para identificar espécies de tubarões em extinção

Publicado em: 14/05/2019

SÃO LUÍS – Artigo desenvolvido por pesquisadores do estado do Maranhão e Pará e publicado na revista Scientific Reports, uma das mais importantes revistas científicas do grupo Nature, com o título “DNA-based identification reveals illegal trade of threatened shark species in a global elasmobranch conservation hotspot”, apresentou, com base em DNA coletado, uma catalogação de diversas espécies de tubarões ameaçadas de extinção e que são comercializadas de forma ilegal no litoral brasileiro.

A pesquisa durou três anos e contou com a colaboração de estudantes e professores da Universidade Federal do Maranhão, Universidade Estadual do Maranhão e da Universidade Federal do Pará. O material coletado foi obtido nos estados do Maranhão, Pará e Amapá. Segundo o professor do departamento de Oceanografia e Limnologia da UFMA, Jorge Luiz Silva Nunes, essa região é chamada litoral norte e é importante para a conservação de espécies de tubarões. “Há uma porção extensa e contínua de manguezais no país, que serve como berçário para o desenvolvimento de tubarões e outras espécies de peixes”, explicou.  

O pesquisador destaca que cada espécie possui um DNA característico e que, baseado nele, podem-se identificar espécies de tubarões ameaçadas de extinção. “A identificação visual inviabiliza a identificação da espécie. Para isso, foi utilizado o DNA extraído das amostras coletadas em centros de venda de pescados. Em seguida, foram feitos procedimentos em laboratório e cruzamos os dados obtidos em análises com um banco de dados internacional, de acesso livre, sediado nos Estados Unidos”, completou.

Já o professor do departamento de Biologia da UFMA, que também integra a equipe, Luis Fernando Carvalho Costa destaca que a comercialização de espécies ameaçadas de extinção é considerada ilegal, tanto no âmbito nacional quanto internacional. “Existe um comércio ilegal de tubarões, porque existe um público consumidor”, salientou. Ele chama atenção para o acúmulo de metais encontrados em algumas espécies de tubarões e que pode causar diversas implicações ao serem consumidos pelos humanos.

O mestrando em Biologia Animal pela Universidade Federal de Pernambuco e egresso do curso de Biologia da UFMA, Leonardo Manir Feitosa, revelou que os dados coletados estão sendo utilizados na criação de diretrizes para a preservação de diversas espécies de tubarões ameaçados de extinção no Brasil, junto com o Ministério de Meio Ambiente. “Nós só tínhamos informações da década de 1990 e início dos anos 2000, e essas informações precisam ser constantemente atualizadas, para estabelecer planos que combatam a comercialização ilegal”, alertou. Para ele, todos os artigos que são publicados nessa temática são considerados novas avaliações de espécies de tubarões no território brasileiro.

Saiba +

Só no ano de 2018, o artigo conseguiu atingir 1920 downloads, ficando na posição 24º entre os 100 artigos mais baixados na revista.

Clique para visualizar o artigo publicado na íntegra.

 


Quer ver uma iniciativa bacana do seu curso divulgada na página oficial da UFMA? Envie informações à Ascom por WhatsApp (98) 98408-8434.
Siga a UFMA nas redes sociais: Twitter, Facebook, Instagram, YouTube e RadioTube

Produção: Luiz Gabriel Bastos
Revisão: Jáder Cavalcante

Lugar: Cidade Universitária Dom Delgado
Texto: Allan Potter
Última alteração em: 16/05/2019 08:01

Mais fotos

Mais opções
Copiar url

Outras Notícias

23/07/2019

14:00

Maior turma de BICT forma 60 alunos em cerimônia especial realizada na segunda-feira, 22 SÃO LUÍS – A noite desta segunda-feira, 22, teve um significado especial para 60 alunos do curso de Bacharelado Interdisciplinar...

22/07/2019

18:27

Município de Guimarães lota ginásio na colação de grau dos cursos de História e Letras-Inglês do Proeb GUIMARÃES - A solenidade de colação de Grau é um momento de grande emoção para os formandos e familiares, porque...

22/07/2019

17:40

TV ASCOM: Proeb forma novos professores no município de Guimarães GUIMARÃES - Mais de setenta estudantes do Programa de Formação de Professores para a Educação Básica (PROEB), recebem o grau...

22/07/2019

08:00

Segunda do Português: Vítima fatal e Pé de mangueira 1. Vítima Fatal Observe este exemplo: Os legisladores só vão diminuir a maioridade penal quando seus filhos passarem a constar na lista...

21/07/2019

21:24

Inscrições para o Mestrado em Cultura e Sociedade vão até o dia 2 de agosto SÃO LUÍS - Estão abertas, até o dia 2 de agosto, as inscrições para o curso de Mestrado Interdisciplinar em...
Fim do conteúdo da sessão