VIII Sesuped discute estágio curricular sob a perspectiva da diversidade
Início do conteúdo da página
Início do conteúdo da página

VIII Sesuped discute estágio curricular sob a perspectiva da diversidade

Publicado em: 12/01/2018

SÃO LUÍS – Como parte da programação do VIII Seminário de Estágio Supervisionado do Curso de Pedagogia (Sesuped), ocorreu, na tarde de quinta-feira, 11, na Cidade Universitária Dom Delgado, a palestra “O lugar do estágio sob uma perspectiva curricular para a diversidade”, ministrada pelos professores Ieda Fátima da Silva, da Universidade Estadual da Bahia; Mariza Borges Wall Barbosa de Carvalho e Rosenverck Estrela Santos, ambas da UFMA.     

Em consonância com a temática do evento, “O lugar do Estágio Supervisionado nas Licenciaturas: a Escola e os Sistemas Educacionais como interlocutores”, a palestra discutiu a perspectiva da alteridade, da educação especial e da epistemologia, além da questão da diversidade dentro das escolas.

A professora Ieda Fátima, por exemplo, contrapôs semelhanças e diferenças como um exercício para enxergar o outro. E provocou: “Como podemos pensar dessa perspectiva se o estágio às vezes não entra na categoria dos semelhantes, entra na categoria dos diferentes? Não há outro caminho senão o da luta social pelo combate ao preconceito”.

Já Mariza Borges trouxe a educação especial como um elemento fundamental nessa causa, lembrando seu caráter inclusivo. A professora trouxe um resgate histórico das políticas educativas de inclusão dos alunos com necessidades especiais.  

“Pensar o estágio desse ponto é preocupar-se com a formação desses professores, embora existam especialistas nessa área. O curso de Pedagogia caminha com essa preocupação de amparar minimamente seus alunos”, comentou.

Por fim, o professor Rosenverck Estrela encerrou o debate fazendo uma crítica ao que ele denominou de “conhecimento dominante”, como uma referência ao conhecimento puramente eurocêntrico.

Para ele, existe perigo em achar que apenas aquilo que é produzido na Europa pode explicar nossa realidade.

“Precisamos descolonizar a mente, construir conhecimento próprio e pôr fim a este epistemicídio. Esta prática começa no estágio, pois ele diz muito sobre a vida docente desse aluno”, instigou.


Quer ver uma iniciativa bacana do seu curso divulgada na página oficial da UFMA? Envie informações à Ascom por WhatsApp (98) 98408-8434.
Siga a UFMA nas redes sociais: Twitter, Facebook, Instagram, YouTube e RadioTube

Produção: Géssica dos Anjos
Revisão: Jáder Cavalcante e Debora Santos
Fotos: Marcus Elicius
Lugar: Cidade Universitária Dom Delgado
Texto: Suellen Sullivan
Última alteração em: 12/01/2018 17:51

Mais fotos

Mais opções
Copiar url

Outras Notícias

22/10/2018

13:25

A experiência de licenciandos no estágio será tema de seminário que começa nessa terça, 23 SÃO LUÍS – “O estágio é uma oportunidade que o aluno tem de se perceber como um profissional em exercício”,...

22/10/2018

12:35

Roda de conversa debaterá a divulgação de trabalhos científicos na mídia, entre os dias 24 e 25 SÃO LUÍS – A Universidade Federal do Maranhão, por meio do grupo de Pesquisa Divulgação Científica e Educação Ambiental (Dicea),...

22/10/2018

11:52

UFMA comemora seus 52 anos durante encerramento da 15ª SNCT SÃO LUÍS - No último sábado, 20, foi realizado o encerramento da 15ª Semana Nacional de Ciência e Tecnologia no...

22/10/2018

10:30

Abertas as inscrições para submissão de trabalhos na Revista Bibliomar SÃO LUÍS – Estão abertas, até o dia 2 de novembro, as inscrições para a submissão de trabalhos para a...

21/10/2018

12:15

Mensagem da reitora em celebração aos 52 anos da nossa UFMA Uma Universidade relevante não se constrói da noite para o dia, muito menos mantém sua estrutura em pleno funcionamento em...
Fim do conteúdo da sessão