Setenta formandos recebem o grau de Licenciatura em Pedagogia da Terra pelo Pronera
Início do conteúdo da página
Início do conteúdo da página

Setenta formandos recebem o grau de Licenciatura em Pedagogia da Terra pelo Pronera

Publicado em: 17/07/2017

SÃO LUÍS – “Lá, ninguém que conheço é formado pela UFMA. Cheguei neste momento, depois de muita luta, e tenho certeza que meus familiares e amigos estão felizes igual a mim”, essas foram as palavras de júbilo de Erlane Silva, estudante nascida e moradora do município de Buriti, a 322 quilômetros da capital maranhense, e que se graduou em Licenciatura em Pedagogia da Terra na cerimônia de Colação de Grau do Programa Nacional de Educação da Reforma Agrária (Pronera), turma de Bacabal. Ela faz parte do grupo de setenta alunos graduados na solenidade referente ao primeiro semestre de 2017, realizada na noite do último sábado, 15, no Auditório Central da Cidade Universitária Dom Delgado.

A cerimônia, marcada de simbolismos referentes à luta pela terra, pela dignidade, pela educação, pelo desenvolvimento igualitário e por tantas outras reivindicações, foi de grande emoção para os formandos, que se sentem diretamente responsáveis pela formação de jovens. “Um novo campo é possível, e isso depende do nosso trabalho na educação do campo, nas nossas lutas de resistência. Nós, educadores do campo, somos o sal da terra e a luz do mundo”, proferiu o orador oficial, Marcelo Freitas de Sá.

Para os professores que estiveram diretamente no cotidiano dos discentes, a colação de grau representou um momento de muito orgulho. “Parabéns à turma Florestan Fernandes por este momento de alegria. Queria dizer que a luta pelo trabalho e dignidade ainda não acabou. A educação do campo é instrumento fundamental para o desenvolvimento cultural, social e econômico, e para a liberdade e cidadania de seus protagonistas, a população campesina”, enfatizou a paraninfa Raimunda Rodrigues Moreno da Silva.

Para a coordenadora institucional do Pronera na UFMA, Maria da Conceição Lobato Muniz, a solenidade teve muito significado, sendo “o grito que sai depois de muita luta e sangue derramado”, em suas palavras, rememorando os conflitos violentos da reivindicação pela reforma agrária no Brasil em seu discurso. A pró-reitora de Ensino, Dourivan Câmara, representando a reitora Nair Portela, destacou o papel da universidade no processo de oferta de ensino de qualidade aos diversos segmentos da sociedade civil.

“É uma alegria ver tantos alunos formados aqui nesta solenidade. Nesta cerimônia, a UFMA reafirma seu compromisso com a ciência da pedagogia, que consiste na formação inicial, a esperança da sociedade para o reforço da cidadania. Parabéns aos setenta formandos que saem daqui com a certeza de que sonhos se realizam e aptos a tornar o sonho de outros em realidade”, declarou a pró-reitora.

Ao fim da cerimônia, a coordenação do Pronera fez a distribuição dos anéis de formatura, feitos de tucum, mais um elemento bastante simbólico à identidade da educação no campo e ao trabalho da população campesina, isso ao som de uma frase gritada pelos emocionados formandos: “Educação no campo: direito nosso, dever do Estado”.

     


Quer ver uma iniciativa bacana do seu curso divulgada na página oficial da UFMA? Envie informações à Ascom por WhatsApp (98) 98408-8434.
Siga a UFMA nas redes sociais: Twitter, Facebook, Instagram, YouTube e RadioTube

Revisão: Jáder Cavalcante e Débora Santos

Lugar: Cidade Universitária Dom Delgado
Fonte: Luciano Santos
Última alteração em: 17/07/2017 16:40

Mais opções
Copiar url

Outras Notícias

17/11/2017

16:48

Cine Guarnicê exibirá nesta quinta 'Comeback',o último filme do renomado ator Nelson Xavier SÃO LUÍS - Um longa marcado pela história: ‘Comeback’ foi o último filme do renomado ator Nelson Xavier. Uma história...

17/11/2017

16:43

UFMA Imperatriz recebe pela primeira vez o Encontro Maranhense de grupos PET IMPERATRIZ - Na manhã dessa quinta-feira, 15, teve início o III Encontro Maranhense de grupos do Programa de Educação Tutorial...

17/11/2017

13:50

Debate discute o judiciário europeu no combate à intolerância e à xenofobia no XXVI CONPEDI SÃO LUÍS - Tendo por principal objetivo discutir a participação do judiciário europeu no combate à onda de xenofobia e...

17/11/2017

13:10

UFMA sediará em dezembro o 1° Simpósio Maranhense sobre Zika Vírus SÃO LUÍS - A Liga Acadêmica de Odontologia Social e Preventiva (Laosp) realizará, nos dias 5 e 6 de dezembro,...

17/11/2017

11:40

I Encontro de Atendimento Escolar Hospitalar discutiu práticas pedagógicas nos hospitais SÃO LUÍS - Com o objetivo de fortalecer as discussões sobre Classes Hospitalares como política de direito a crianças, adolescentes,...
Fim do conteúdo da sessão