I Encontro de Assistência Estudantil do Maranhão começará nessa terça-feira, 20
Início do conteúdo da página
Início do conteúdo da página

I Encontro de Assistência Estudantil do Maranhão começará nessa terça-feira, 20

Publicado em: 19/06/2017

SÃO LUÍS – A Pró-Reitoria de Assistência Estudantil da Universidade Federal do Maranhão realizará, entre os dias 20 e 22 de junho, o I Encontro de Assistência Estudantil do Maranhão, com o tema “O conhecimento transformando realidades”. O objetivo é possibilitar a difusão da produção científica dos estudantes assistidos pelos programas de assistência estudantil, implantados pelas instituições de ensino no Maranhão.

Assim, a programação do evento estará dividida em palestras, mesas-redondas, minicursos, apresentações de trabalhos, relato de experiências dos acadêmicos, documentários e performances artístico-culturais.

Para a professora Conceição de Maria Belfort, membro da comissão organizadora, esse é um momento importante para o Estado. “Aproveitaremos esse encontro para discutir a aplicabilidade dos programas de assistência estudantil na UFMA e em outras instituições de ensino do Maranhão. Dessa forma, caminharemos para um amadurecimento teórico-prático”, ressaltou.

O I Encontro de Assistência Estudantil do Maranhão tem apoio da Fundação de Amparo à Pesquisa (Fapema). As inscrições para participar do evento são gratuitas e podem ser feitas até essa terça, 20, pelo site do evento. Mais informações também podem ser obtidas pelos site.

Sobre os programas de assistência estudantil

O Decreto Nº 7.234, de 19 de julho de 2010, instituiu o Programa Nacional de Assistência Estudantil, que estabelece um forte vínculo entre assistência acadêmica e as atividades de ensino, pesquisa e extensão. Igualmente, o Plano Nacional de Educação, aprovado pela Lei 13.005, de 25 de junho de 2014, projeta, por meio da Meta 12, elevar a matrícula na educação superior da população de 18 (dezoito) a 24 (vinte e quatro) anos, assegurada a qualidade da oferta e expansão, indicando como estratégia a ampliação de políticas de inclusão e de assistência estudantil dirigidas a estudantes de instituições públicas, de modo a reduzir as desigualdades étnico-raciais e ampliar as taxas de acesso e permanência na educação superior de estudantes egressos da escola pública, afrodescendentes e indígenas e de estudantes com deficiência, transtornos globais do desenvolvimento e altas habilidades ou superdotação, de forma a apoiar seu sucesso acadêmico (BRASIL, 2015).

 


Quer ver uma iniciativa bacana do seu curso divulgada na página oficial da UFMA? Envie informações à Ascom por WhatsApp (98) 98408-8434.
Siga a UFMA nas redes sociais: Twitter, Facebook, Instagram, YouTube e RadioTube

Produção: Kleo Souza
Revisão: Jáder Cavalcante e Débora Santos

Lugar: Cidade Universitária Dom Delgado
Fonte: Suellen Sullivan
Última alteração em: 19/06/2017 13:51

Mais opções
Copiar url

Fim do conteúdo da sessão