UFMA abre questionário para avaliação institucional Ir direto para menu de acessibilidade.
Início do conteúdo da página
Início do conteúdo da página

UFMA abre questionário para avaliação institucional

Participação da comunidade acadêmica é fundamental e pode garantir melhorias para a universidade.

Publicado em: 26/01/2017

SÃO LUÍS - Está aberto de 24 de janeiro a 24 de fevereiro o questionário de avaliação institucional promovido pela Comissão Própria de Avaliação (CPA) da UFMA.

Criada em 2004, a CPA foi instituída em conjunto com o Sistema Nacional de Avaliação da Educação Superior (Sinaes). Trata-se de uma comissão independente, responsável pela autoavaliação institucional. É ela que registra como a comunidade acadêmica avalia a instituição em que está inserida. Cabe à comissão elaborar instrumentos avaliativos, aplicá-los, organizar e tabular os dados, além de elaborar o relatório final para enviar ao Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira-Inep.

Por força de lei, essa avaliação deve ser feita em 10 dimensões, e deve englobar desde a comunicação com a sociedade às questões relacionadas à graduação, pós-graduação, extensão, infraestrutura e aos cursos especiais ligados à assessoria de interiorização.

Este ano, a avaliação traz alguns diferenciais, como o uso de 41 instrumentos avaliativos contra 8 do ano anterior, e a inclusão do Colégio Universitário-Colun, ouvindo assim os alunos dos ensinos médio e técnico.

Ao todo, são 115 perguntas, 114 fechadas (com quatro opções: muito bom, bom, regular ou ruim) e 1 aberta (para que a pessoa escreva algo em que não se sentiu contemplada). Este ano, a avaliação será feita de maneira personalizada para cada segmento e unidade da instituição. “Há instrumentos específicos para discentes, docentes, técnicos e para cada unidade acadêmica. Nós procuramos trabalhar considerando as peculiaridades de cada centro”, esclareceu o presidente da CPA, Francisco Moreira.

Os resultados serão discutidos com as pró-reitorias, as diretorias e depois enviados às coordenações de curso, para que todos saibam como estão sendo avaliados. De acordo com Francisco Moreira, a CPA aguarda autorização do SIPAC para enviar também os resultados via memorando eletrônico.

A avaliação é feita por meio do SIGAA ou qualquer sistema da universidade (SIPAC, SIGRH, no caso dos técnicos que não têm acesso ao SIGAA), uma vez por ano. O relatório final deve ser enviado até o dia 31 de março para o Inep. Apesar de não ser obrigatória, é fundamental a participação da comunidade acadêmica, pois o relatório vai para o Ministério da Educação e é convertido em melhorias para a própria universidade. A expectativa é que este ano a participação supere os 17% do ano anterior.


Quer ver uma iniciativa bacana do seu curso divulgada na página oficial da UFMA? Envie informações à Ascom por WhatsApp (98) 98408-8434.
Siga a UFMA nas redes sociais: Twitter, Facebook, Instagram, YouTube e RadioTube


Fonte: ASCOM/UFMA
Última alteração em: 26/01/2017 11:45

Mais opções
Copiar url

Outras notícias

14/12/2017

11:23

Programas internacionais da CAPES ofertam mais de 400 bolsas BRASÍLIA - Os editais para os programas de Professor Visitante (PVE), Pós-doutorado, Doutorado-sanduíche (PDSE) e Doutorado-pleno, todos no exterior, foram divulgados pela Coordenação de Aperfeiçoamento...

14/12/2017

11:18

DEU LIKE: painel sobre mídias sociais como estratégia de relacionamento ocorrerá na UFMA SÃO LUÍS - Ocorrerá, na segunda-feira (18), o Deu Like: painel sobre o uso das mídias sociais como estratégia de...

11/12/2017

14:40

Chamada Interna para submissão de projetos para APCN/CAPES - 2018 A Pró-Reitoria de Pesquisa, Pós-Graduação e Inovação, PPPGI, torna público o lançamento da Chamada Interna para Novos Projetos de Cursos...

06/12/2017

17:00

A UFMA é mais uma vez destaque no Prêmio Fapema SÃO LUÍS - A sede da Federação das Indústrias do Maranhão (Fiema) foi local de mais um grande resultado da...

01/12/2017

17:05

Astronauta brasileiro, Marcos Pontes fez visita à UFMA SÃO LUÍS – “É possível. Mesmo em situações complicadas e sem o apoio ou recurso necessário, jamais desista dos seus...
Fim do conteúdo da sessão